• Aion

  • Jogos


    Se você quer ser um gamer este é o blog ideal para você.
    agradeço a visita.
    Lucas Targino

  • Mais Acessados

    • Nenhum

Perfect world(raças e classes).

Humanos

Se você pretende defender as terras de Perfect World na pele de um Humano, aqui estão algumas informações sobre sua futura raça:

Os humanos são os últimos sobreviventes do “Grande Desastre do Mar Sangrento” (também conhecido como “Grande Dilúvio” entre os ocidentais). Esta raça é dominante em Perfect World, e deu origem aos cinco maiores impérios no mundo. Por sua perseverança, são altamente versáteis, capazes de se adaptar e aprender como ninguém – apesar de jamais atingirem o mesmo domínio mágico ou físico dos Alados e dos Selvagens.

Dentre os humanos, você pode optar por ser:

Guerreiros:
O Guerreiro é a principal classe de combate em Perfect World. Valendo-se da versatilidade humana, eles são versados em quase todos os tipos de armas existentes. Seja usando espadas de duas mãos de dano pesado, seja usando adagas ágeis e mortais, o Guerreiro poderá se tornar um protetor indestrutível ou um guardião furioso.
Especialização: Ataques Corpo-a-Corpo
Armas: Espadas(dupla ou não), Espadas Longas, Machados(duplo ou não), Facas(dupla ou não), Artes Marciais

Wuxias são guerreiros de combate em curta distância, e são fortes com ou sem armas. Eles são rápidos, ágeis e são muito eficientes com os ataques.

Wuxias como espadachins ficam muito fortes com o treino de suas habilidades de luta. Eles são balanceados, tanto no ataque quanto na defesa contra inimigos, e ainda podem usar vários tipos de armas, ataques físicos super fortes e artes marciais, que lhe proporciona uma grande combinação de força e velocidade e faz com que o Wuxia seja um guerreiro formidável.

Humano

Magos:
Mestres nas artes arcanas antigas, os Magos são extremamente temidos no campo de batalha. Com um movimento de suas mãos, são capazes de fazer com que uma chuva de fogo traga a destruição aos inimigos. São especialistas em magias de Fogo, Água e Terra, e podem se especializar em cada um desses caminhos.
Especialização: Ataques Magicos.
Armas: Invocações Elementais.

São bastantes efeicazes na arte de Congurar Magias, eles podem usar elementos da água, fogo, e terra para terem vantagens sobre o adversário. Para aumentar suas forças, os Fashi’s precisam estar em Estado Místico de Meditação para efetivar seus ataques aos oponentes. Durante este modo, pode-se ter pouca defesa, mas acertando alguma magia no oponente haverá mais dano do que o normal. Mas quanto mais se usar suas magias, mais rápido subirá seu level!

Mago

Alados

Que tal voar por Perfect World logo de início? Se gostou da idéia, não pense duas vezes e entre para a batalha como um Alado.

Os Alados são descendentes diretos dos Imortais, a raça que dominava o mundo logo após a criação de Perfect World pelo grande deus Pan Gu. Esta raça de belas asas vive em cidades isoladas, perdidas entre montanhas ou em grandes metrópoles flutuantes, construídas nos céus. É a única raça capaz de voar logo no começo do jogo e são exímios usuários de magia – especialmente a do elemento Metal. Apesar disso, são os mais frágeis das três raças, portanto tome cuidado.

Sendo um Alado, você poderá escolher entre:

Arqueiros: Como o próprio nome diz, os Arqueiros são especializados no uso de arcos e flechas. Por terem, também, um alto domínio mágico, são capazes de disparar suas flechas com energia mística e causar estragos como nenhuma outra classe. Porém, no combate a curta distância, os Arqueiros não se mostram tão eficientes.
Especialização: Ataques de Longa Distância
Armas: Armas de Longa Distância

Dizem que Yumangs é uma forma hibrida de Humanos com Deuses e sua raça foi traçada com uma beleza e elegância incomparável.
Sua raça foi abençoada com asas assim eles podem voar logo depois que nascem.
Os Yumangs são os guardiões da raça Wing. Eles utilizam materiais de madeira, como arcos e flechas para espantar os inimigos.

Alado

Sacerdotes: A magia do elemento Metal pode trazer tanto a destruição quanto a salvação. E é neste aspecto que os Sacerdotes se focam. Com seus poderes curativos, são capazes de cuidar dos feridos em combate, além de garantir bênçãos e outras magias de suporte para melhorar as capacidades de todo o seu grupo. Dizem que os Sacerdotes são o que há de mais próximo do grande deus Pan Gu.
Especialização: Suporte com Magia.
Armas: Armas Espirituais.

Os Yuling’s tem a mesma elegência dos Yumang’s porém possuem um atributo especial, eles podem curar, amaldiçoar e invocar os elementos do trovão e do vento ao seu favor, dando suporte aos combatentes nas batalhas!

Selvagens

Extremamente fortes e violentos, os Selvagens são a raça mais temida em Perfect World.

Os imortais que deixaram de lado sua crença no grande deus acabaram vítimas de sua própria tolice. Suas aparências foram mudando, sua sabedoria foi se transformando, pouco a pouco, em fúria e logo esses imortais foram expulsos das grandes cidades dos Alados, transformando-se no povo conhecido por Selvagens.

Escolha entre Bárbaros ou Feiticeiras

Bárbaros: Os homens Selvagens canalizam seu poder no uso da força bruta. Extremamente ágeis e ferozes, os Bárbaros são capazes de enfrentar diversos Guerreiros ao mesmo tempo de igual para igual. Apesar de usarem uma variedade menor de armas, os Bárbaros possuem habilidades especiais que aumentam seu poder e ainda permitem que se transformem em verdadeiros tigres!
Especialização: Ataque Corpo-a-Corpo e Transmutação.
Armas: Machados e Martelos.

Os Yaoshou’s são criaturas que fazem parte das forças malignas da terra, e assim essas criaturas depois de vários anos se transformaram em animais com a forma e a inteligência Humana. Yaoshou’s são fortes criaturas que geralmente ficam na linha de frente no campo de batalha. Sua força primaria é a habilidade de batalhar com os inimigos durante um duelo corpo-a-corpo. Eles confiam muito na sua força bruta durante o ataque, podem acordar o animal que existe dentro dele e se tornarem uma das criaturas com o maior poder de força já visto!

dæ¦_ùdÅb_æSÉg.jpg

Feiticeiras: As mulheres Selvagens não devem em nada aos Bárbaros no quesito ferocidade. Por outro lado, por seu maior apego à natureza, elas se especializaram nas misteriosas artes do veneno e da invocação, por isso são capazes de usar o poder da terra para apodrecer e adoecer o alvo, além de usar os animais da natureza contra seus oponentes. Quando atingem um maior domínio de seus poderes, podem se transformar em raposas e desaparecer num piscar de olhos.
Especialização: Invocação.
Armas: Ferramentas Magicas.

Os Yaojing’s também fazem parte as forças malignas da terra como os Yaoshou’s, mais invés de se transformarem em criaturas, eles são muito atraentes e charmosos, assim podendo encantar os seus inimigos e aliados. Eles foram criados no meio da floresta, na grama, e assim foram crescendo como as cobras, e como as cobras eles podem ser muito eficientes com o uso de venenos. Ainda podem domesticar e invocar animais para auxiliá-lo na batalha. Cada animal que foi domado e invocado possui um atributo próprio e suas habilidades podem ser usadas com os Yaojing’s na batalha. Eles podem acordar o Animal que existe dentro deles e se transformarem em criaturas com grande poder de ataque e defesa!

dæ¦_ùdÉ©_æSÉg.jpg

God of War

God of War


God of War
equilibra elementos de ação e raciocínio. O jogador possui diversos tipos de ataque e a animação faz com que todos os movimentos fluam de maneira natural.
God of War
(em português: Deus da Guerra) é um jogo eletrônico lançado para o console PlayStation 2 em 22 de março de 2005. Ele é um jogo de ação-aventura baseado na mitologia grega. God of War foi desenvolvido pela divisão de Santa Mônica da Sony Computer Entertainment

Jogabilidade

Do ponto de vista da “jogabilidade”, os golpes são fáceis de realizar: os controles perdoam a maioria dos deslizes de sincronia e permitindo que jogadores menos experientes se saiam razoavelmente bem. Além de suas lâminas básicas(As Blades of Chaos), ao longo do jogo Kratos terá acesso a diferentes tipos de poderes e armas que poderão ser encaixados dentro de combos (combinações de golpes) cuja execução garante um dano maior ao oponente.

God of War usa a criatividade para não cair na armadilha de ser um simples jogo de “amassar botões”. Todos os inimigos podem ser mortos com golpes comuns, mas muitos (os maiores principalmente) têm a opção de serem exterminados com ataques sensíveis ao contexto, como um mini-game de pressionar os botões ou girar o direcional como aparece na tela. Com isso, o usuário consegue escolher as armas que deseja.

As batalhas são intercaladas com a exploração do cenário, que esconde baús atrás de paredes falsas ou portas, ou em outra localidade difícil de enxergar; e quebra-cabeças inteligentes que requerem contrapartida intelectual do jogador. Nem muito complicados ou simples demais, os quebra-cabeças sempre estão dentro do contexto, e variam entre o acionamento de uma simples manivela até a solução, gradual, de enormes salas cheias de pequenos enigmas.

O design e de pornografia das fases também é variado e oferece desafio na medida certa, sem ser linear demais nem aberta ao extremo. Geralmente, o personagem tem duas ou três rotas a explorar, além de algumas salas secretas com recompensas proporcionais ao esforço de descobri-las.

Um grande diferencial do jogo é a sua forma de câmera, em terceira pessoa, mas que é automatica e se encaixa nos cenários sozinha. Muitos jogos usam este tipo de câmera, mas poucos obtêm o sucesso e a perfeição de God of War.

Enredo

Encontram-se no decorrer da história alguns dos mais famosos personagens da mitologia grega, entre os quais estão Ares, Artemis, Medusa, Hades, Afrodite, Atena, Poseidon e Zeus. Naturalmente, os inimigos vêm da mesma fonte, e monstros como ciclopes, minotauros, harpias, hidras, centauros e outras criaturas lendárias serão poderosos obstáculos para o jogador (inclusive iniciantes).

História

A História inicia-se quando Kratos comete um suicídio, jogando-se da maior montanha da Grécia à beira do mar Egeu. Porém, para explicar o motivo de desejar se matar, a história retorna três semanas atrás, em que Kratos a pedido dos deuses vai em missão impedir um ataque duma criatura que estava aterrorizando os mares – A Hidra.

Poseidon entrega a Kratos um fragmento de seu poder olímpico para auxiliá-lo a matar a criatura.

Em uma das passagens de Kratos pelos navios destruídos, ouve gritos abafados de mulheres na parte inferior do navio pedindo por ajuda. Infelizmente, a única passagem foi trancada pelo capitão do navio na esperança de salvar as mulheres em vão. Kratos então parte à procura do capitão, e ao encontrá-lo (apavorado) ele e sua tropa foram atacados por três cabeças de Hidra, sendo uma delas a cabeça original. Kratos assistindo a tudo, vê o capitão desistir de fugir entregando-se à morte certa e clamando o perdão dos deuses, mas com a chave da porta pendurada em seu pescoço. Antes de Kratos conseguir pegá-la, o Capitão é devorado inteiro pela Hidra. Na intenção de recuperar a chave, Kratos enfrenta primeiramente as duas criaturas secundárias e depois à Hidra, obtendo sucesso. Ao matá-la ele entra pela sua boca onde encontra o capitão desesperado deslizando pelo pescoço viscoso. Kratos o ajuda puxando-o pela chave. Agora a salvo, O Capitão agradece Kratos por vir salvá-lo. Kratos arranca a chave de seu pescoço e responde: – “Eu não voltei por você!” – empurrando o Capitão de volta a morte certa em direção ao esôfago da criatura. Kratos retorna a parte inferior onde as mulheres clamavam ajuda e ao abrir a porta, depara-se com uma carnificina e mata todos os seres que tinham causado tudo aquilo. Ele percebe que ninguém sobreviveu. O banho de sangue faz Kratos lembrar de seu passado….

Antes de servir aos deuses, Kratos era um General Espartano, que com uma sequência impressionante de vitórias contra os inimigos de sua cidade, ganhou nome, reputação e se tornou motivo de orgulho para toda a Esparta. A cada dia, mais e mais soldados desejavam lutar ao lado de seu grande herói. Em pouco tempo, o pequeno exército de Kratos agora se tornara uma legião de milhares de homens e juntos lutavam pela soberania total de Esparta. Apenas uma pessoa em toda a Esparta não aceitava a situação que Kratos criara e o enfrentara de igual para igual – sua mulher.

Um dia, em uma de suas batalhas, Kratos e seu exército enfrentara os barbaros e a derrota era certa, o número de soldados bárbaros era muito maior que o número de soldados espartanos. A arte de combate militar dos espartanos compensava seu diminuto grupo. Mesmo assim, pouco a pouco seu exército estava prestes a ser derrotado. O que os espartanos esperavam ser uma vitória, se tornou uma verdadeira carnificina. E o sinal de aviso de início da batalha era a flecha atirada pelo líder dos Bárbaros. O exército de Kratos era dizimado, e quando ele estava prestes a receber a última punição, morrer pelo martelo do Rei Bárbaro, Kratos clama pelo deus “Ares – O Deus da Guerra”, fazendo um pacto, em que se ele o ajudasse a derrotar seus inimigos ele seria seu servo.

As nuvens se abrem e delas desce o Deus da Guerra, soberano e imortal. Kratos começa à dizer ao Deus da Guerra o que ele queria que fosse feito e em troca deixaria sua vida a serviço de Ares. Ares então aceita sua proposta e mata todos os bárbaros, após isso Ares entrega a Kratos a “Blades of Chaos” (Espadas do Caos)e ele, com essa nova arma, corta a cabeça do Rei Bárbaro, obtendo mais uma vitória para Esparta passando a servir fielmente às ordens de Ares.

O que Kratos não sabia era que quanto mais usasse sua poderosa arma mais ela o dominaria, mesmo assim ele não recusava usá-la. Agora, obtendo mais sucesso do que nunca, Kratos passa a ficar mais violento e sedento por sangue dos inimigos. Certa vez, perante a uma pequena vila que servia a Deusa “Atena – Deusa da Sabedoria”, Kratos os julga infiéis e que deveriam servir a Ares e não à Atena. Seu exército queima as casas, destrói famílias e condena os homens à morte. No pequeno templo que lá havia, o Oráculo da vila alerta Kratos que se ele entrasse no templo os erros cometidos os acompanharia para sempre.

Ignorando o aviso e possuído por ódio, Kratos entra e mata todos os que se escondiam lá. Ao observar os mortos em meio às chamas, vê sua mulher e sua jovem filha mortas por suas lâminas. Ares, em aparição ao fogo no templo, anuncia que tirou de Kratos aquilo que o fazia humano e que de agora em diante seria a maior máquina de matar de toda a Grécia.

Perturbado pelo erro e vendo o que se tornará, Kratos sai do templo derrotado. O Oráculo então o condena, fazendo as cinzas de sua mulher e filha ficarem impregnadas em sua pele, obtendo uma aparência branca. À partir daí, Kratos passa a ser conhecido por toda a Grécia como – “The Ghost of Sparta” (O Fantasma de Esparta). Revoltado e com sede de vingança, Kratos abandona o posto de general de Esparta e diz não servir mais a Ares e, desse dia em diante, não descansaria até destruir o seu criador.

Após esses acontecimentos, Kratos começa a ter terríveis pesadelos, visões na qual matava seus entes queridos. E para tentar fugir de seus pecados, seu passado e de suas visões, ele começa a servir os deuses, em troca de perdão por seus atos.

Kratos serve aos deuses por 10 anos. E após ter destruído a Hidra acreditou que seu castigo enfim havia acabado. Durante a noite, depois de beber e dormir com mulheres os sonhos novamente vêm perturbá-lo. Impaciente, Kratos clama por Atena e exige que os deuses lhe entreguem sua recompensa, livrando-o de seus pesadelos que o atormentavam. Atena pede paciência e que sua recompensa seria dada se ele realizasse uma última tarefa – destruir o Deus Ares.

Atena alega que Ares estava ensandecido e que estava farto do progresso e soberania de sua cidade (Atenas), “Zeus – O Deus dos Deuses” decretou que nenhum deus deveria enfrentar outro. Sendo assim, Ares só podia ser derrotado por mãos mortais. Kratos vê então a possibilidade de se vingar do Deus da Guerra, Atena pede para que ele vá até sua cidade e que procure pelo Oráculo de Atenas. Ela lhe daria a informação de como derrotar Ares, então Kratos abandona os mares onde a Hidra apodrecia, e parte em destino a cidade de Atenas.

Em sua passagem pela cidade Kratos encontra a Deusa “Afrodite – A Deusa da Beleza e do Amor”. Ela alega que os deuses estão esperançosos com o progresso de Kratos e por esse motivo ele receberá uma nova habilidade, a capacidade de pretrificar os seus oponentes, mas, para ter esse poder ele tem que merecer. Para isso, Kratos deve derrotar “A Rainha das Górgonas – A Medusa”, o que logicamente ele consegue. Além de Afrodite, Kratos se encontra com o próprio Zeus. Zeus lhe entrega a capacidade de controlar os Raios.

Após enfrentar Minotauros e Ciclopes e soldados de Ares, Kratos finalmente chega ao Templo do Oráculo. Ao chegar na porta do templo, Kratos encontra um velho homem cavando um túmulo. Curioso, Kratos pergunta por que ele cava apenas um túmulo já que tanta gente estava morrendo. O homem lhe diz que estava cavando o túmulo para Kratos, mas que ainda não tinha terminado ja que ele deveria tentar permanecer vivo até que terminasse de cavar. Kratos espantado o ignora julgando-o um velho louco e que não o entendia como poderia saber de sua morte. O velho lembra Kratos de que ele não é o único a servir os Deuses e o deixa em paz para terminar a cova. Kratos então entra no templo, onde salva o Oráculo de um ataque das Harpias.

A Oráculo invade a mente de Kratos para saber se ele seria merecedor da informação. Ao ver tudo que Kratos fez em sua vida o Oráculo não compreende o motivo de Atenas o ter escolhido para salvar a cidade, mas mesmo assim, lhe diz que a única coisa que pode destruir um Deus é a Caixa de Pandora. Entretanto, por ser a arma mais poderosa que um mortal poderia ter, os deuses a haviam escondido muito bem. Ele diz que a viagem é perigosa cheia armadilhas e inimigos e que a caixa fica em um templo, em uma montanha depois do “Desert of Lost Souls” (Deserto das Almas Perdidas), localizada nas costas do último Titã vivo – Cronos – Deus dos Titãs, que foi condenado por Zeus, após a Titanomaquia, a ficar rastejando por toda a eternidade ou até que os redemoinhos do deserto conseguisse arrancar sua grossa carne de seus ossos. Ao abrir os portões, Kratos começa a buscar seu novo objetivo, a “Caixa de Pandora”. Kratos faz todo um percurso, enfrentando inimigos, até chegar ao portão que foi aberto pela Oráculo.

Kratos finalmente chega ao deserto conduzido pelo cantar hipnótico das Sirenes, onde o atravessa chegando até a trombeta, que atrai o gigante Cronos. Ele passa 3 dias escalando a montanha. Lá um morto-vivo condenado por Zeus, por ser o primeiro a tentar roubar a caixa, informa que não importa o quão bravo e corajoso o guerreiro fosse, a morte dentro deste templo era certa, e que se Kratos fosse sábio deveria dar meia volta e partir. Kratos o ignora, e vendo que o conselho não havia funcionado, o morto-vivo abre os portões do templo e logo iriam se ver, pois uma das harpias iria trazer a carcaça de Kratos para ser queimada na fogueira.

Diversos desafios existem dentro do templo. Após muito sacrifício, finalmente Kratos, encontra a Caixa de Pandora. Porém, quando está levando a caixa para fora do templo, lá de Atenas, os olhos atentos de Ares percebe o plano de Kratos. Ares arremessa uma estaca de pedra de Atenas e acerta em cheio Kratos no alto da montanha acima de Cronos, enquanto Kratos agoniza com a estaca perfurada em seu peito, as Harpias em ordem de Ares roubam a Caixa. Tendo a vista escurecer, Kratos percebe que seu esforço foi em vão.

Kratos vai parar no tartaro, que é apresentado como uma queda infinita e com uma infinidade de plataformas compostas por espinhos, ossos pontiagudos e aparelhos cortantes. Durante a queda interminável, Kratos consegue se segurar na perna de um homem, que se segura em uma plataforma. Kratos sobe no corpo do homem. O Capitão assustado grita: “Você de novo?!”. Novamente Kratos o deixa cair e segue para tentar escapar do tartaro. Ele sobe diversas plataformas e passa por vários desafios, até chegar ao fim sem ter mais nenhuma plataforma pra subir. Então um bloco de pedra preso por uma corda desce. Ele sobe na corda e acaba saindo na cova onde o homem velho estava, cavando na frente no templo do Oráculo.

Kratos entra no templo agora semi-destruído e ao final dele se depara com Ares, insultando a cidade de sua irmã (Atena) e ameaçando a tomar o posto do pai (Zeus)com a Caixa de Pandora. Ares percebe que Kratos estava ali e se surpreende por ele ter escapado do inferno, e pergunta zombando a Zeus se ele seria a única arma que o pai do Olimpo conseguiu para derrotá-lo.

Farto de insultos, Kratos usa seus poderes de controlar os raios dado por Zeus e atinge a corrente que amarra a Caixa, fazendo-a cair na beira do mar.

Finalmente, após muito tempo a Caixa de Pandora é aberta, a energia que flui dela faz Kratos se tornar tão gigante quanto Ares. Ares não se assuta, pois mesmo Kratos sendo de seu tamanho ele ainda era apenas um mortal. Os dois iniciam um combate final eletrizante, porém quando Ares é ferido e percebe que a vitória não será tão fácil, pretende destruir Kratos de outra forma – psicologicamente.

Ares transporta Kratos para o momento em que ele iria entrar no templo, onde sua mulher e filha se escondiam do ataque que ele mesmo criara. Neste momento, Kratos tem que defender sua mulher e filha dos outros Kratos que surgem para matá-las. Após derrotar todos os Kratos, ele volta à batalha contra Ares. Perdendo todas as chances os Deuses mandam um último presente para Kratos e ele observa que há uma espada de pedra nas mãos de uma estátua, ele pega-a e mata Ares.

Após matar Ares, Kratos pede a Atena que livre sua mente das visões. Afinal, ele tinha servido os deuses, e a deusa fala que os deuses perdoaram seus pecados, mas não apagariam suas visões, porque nem mesmo os deuses poderiam apagar tanta crueldade que Kratos fez.

Kratos, sem esperanças, compreende que sua única saída é a morte. Então sobe até a montanha mais alta de toda a Grécia, o Monte Olimpo, mas ninguém sabia que lá era o Monte Olimpo, e se joga lá de cima e cai no mar. Mas antes que ele morresse, os deuses o salvam e o levam para o alto da montanha novamente, e afirmam que alguém que tinha feito tantas coisas boas como Kratos não poderia morrer daquela forma, e como a vaga de deus da guerra estava livre, transformaram Kratos no novo “God of War”(deus da guerra).

Grand chase

GRAND CHASE


História
Grand Chase Season 3
ou somente Grand Chase (Coreano: 그랜드 체이스, lit. Grand Chase) é um jogo on-line de luta 2D, com gráficos em 3D, grátis, no estilo MMORPG, desenvolvido pela empresa sul-coreana KOG’ Studios. A história foca a aventura do time Grand Chase, inicialmente composto por 3 personagens, Elesis, Lire e Arme. Conforme o enredo avança, entram no time os personagens Lass, Ryan, Ronan, Amy, Jin, Siegharte Mari. Grand Chase possui servidores na Coreia do Sul, Taiwan, Hong Kong, Brasil, Filipinas, Estados Unidos, Tailândia e Indonésia. Os servidores de Taiwan nomeia o jogo como “小侠3” (Mandarim: lit. Três Jovens Heróis). Apesar de ser originalmente coreano, é o Brasil que possui o maior número de jogadores, com um recorde de 21.000 jogadores simultâneos.

Apesar de ser essencialmente um jogo de luta, ele tem uma história de fundo para cada personagem, assim como uma para o continente Vermecia, que é o ponto de partida do jogador. Uma história sequencial do universo de Grand Chase pode ser revelada visitando todos os desafios do jogo pela ordem que são listados. Apesar da história por trás de cada personagem ser a mesma em todos os servidores, a história de Vermecia, bem como aortografia de certos lugares, podem variar conforme os servidores, embora os acontecimentos em que tiveram lugar são semelhantes.História

Enredo (para entendermos Grand Chase)

Durante muito tempo, elfos e humanos coexistiram pacificamente. No continente de Vermecia, os elfos viviam nas florestas, em suas pequenas vilas, enquanto os humanos se dividiam entre os grandes reinos de Canaban e Serdin. A paz era selada por votos de amizade entre os dois povos. Mas, um dia, no reino de Canaban, surgiu o espírito do mal Rainha Cazeaje. Após assassinar o servo mais leal do rei de Canaban, ela assumiu sua aparência e seu posto de confiança. Sob esse disfarce, Rainha Cazeaje lentamente começou a inspirar os governantes do reino com promessas de grandes conquistas, poder e glória. E Canaban começou a trilhar o caminho da escuridão. Durante cincoanos, uma guerra entre os dois reinos devastou Vermecia. Vilas foram destruídas, muitas vidas perdidas, e diversos heróis tombaram em batalhas históricas. Até mesmo os elfos e anões deixaram seus lares para defender Serdin, mas o exército de Canaban era implacável. Na maior dessas batalhas, Rainha Cazeaje revelou seu disfarce, e tirou a vida do rei de Serdin. Ao ver seu antigo amigo morto, e a verdadeira forma de Rainha Cazeaje, o rei de Canaban foi tomado por uma fúria sem limites, e tentou enfrentar a traidora. Mas era muito tarde, pois Rainha Cazeaje havia desaparecido docampo de batalha. Era o fim da guerra entre os dois reinos, mas mais segredos ainda seriam descobertos. Em Serdin, não só a guerra destruía o reino, mas o surgimento de vários monstros causava medo na população. Florestas e cidades eram destruídas pelo ataque dessas criaturas desconhecidas. Ainda abalada pela morte de seu marido, a rainha de Serdin recebeu uma notícia trazida pelos maiores magos do reino: Rainha Cazeaje havia se tornado a rainha da escuridão, e possuía um grande exército de monstros sob seu controle.

Enquanto Canaban e Serdin começavam a se reconstruir e preparar seus exércitos contra as forças do mal, foi criada uma tropa de elite com os maiores guerreiros dos dois reinos. Eles deveriam encontrar Rainha Cazeaje e acabar com o mal de uma vez por todas. Sob a liderança da comandante Lothos, começava a grande caçada, a Grand Chase! e depois disso tudo a grand chase foi a caça de novos lutadores para salvar serdin de cazeaje.

Personagens

Existem dez personagens jogaveis que podem se alternar entre partidas e missões. Cada personagem é equipado e nivelado separadamente. A maior parte dos equipamentos é de um personagem especifico como na maioria dos MMORPGs. Os jogadores tem acesso apenas as três primeiras garotas do jogo (Elesis, Lire e Arme), sendo necessário completar missões para conseguir os outros personagens.

Elesis


Espadachim graças a seu pai, Elesis foi treinada desde a infância por ele, que era um legítimo cavaleiro das tropas imperiais do reino de Canaban. Durante a grande guerra entre Canaban e Serdin, o pai da garota desapareceu juntamente com sua tropa. Desde então, Elesis partiu em uma jornada disposta a encontrá-lo. Passou a acreditar que Cazeaje é a verdadeira culpada pelo sumiço de seu pai, e agora faz parte da tropa de elite Grand Chase para encontrá-la e derrotá-la. Foi revelado na história que Sieghart, tem um parentesco com Elesis,sendo assim seu antepassado (Elesis não parece se dar muito bem com Sieghart). Com seu jeito durão, ela conquistou diversos jogadores.

Lire

Lire é uma garota-elfa que nasceu na Ilha Eruel, conhecida por ser a morada dos Elfos, seres que ficaram por muito tempo longe dos conflitos que ocorriam no continente onde habitavam. Ela e os habitantes da Ilha Eruel viviam pacificamente suas vidas. Mas as coisas começariam a tomar um rumo oposto ao modo de vida dos elfos, quando uma legião de monstros invadiu a ilha, dizimando muitos animais e grande parte da natureza local. Diante desse problema, os anciões de Eruel entraram em contato com os espíritos antigos da natureza e descobriram que o ataque dos monstros estava ligado a uma pessoa: Cazeaje, a rainha da escuridão, que havia retornado das trevas profundas. Sabendo da verdadeira causa da destruição da ilha, os elfos recrutaram um grupo seleto de arqueiros de alta qualidade. E Lire, decidida a ir combater o mal que destruiu sua terra natal, se uniu ao grupo, partindo para o combate contra Cazeaje.

Arme

Arme é uma maga de Serdin. Alegre e inteligente, mostrou possuir talento para as artes arcanas desde pequena. Apesar da pouca idade, foi aceita na Escola Violeta de Magia e superou muitos alunos mais velhos. Sempre curiosa, acabou descobrindo textos que falam sobre a perigosa magia negra utilizada por Cazeaje, e agora está decidida a derrotá-la para proteger seu reino.

Lass

Na batalha final contra Cazeaje ele mostrou seu rosto para a Grand Chase pela primeira vez, sendo usado como corpo para Cazeaje se misturar entre os humanos, mas mesmo sendo com um boneco de ventriloco possuia tremenda habilidade em batalha dificultando para os guerreiros. A Grand Chase conseguiu vence-lo o que fez Cazeaje mostrar a sua veradadeira forma. Após a grande batalha entre Cazeaje e as guerreiras do Grand Chase, com a vitória dos guerreiros do Grand Chase, o espírito maligno da rainha retornou para o seu reino da Escuridão. No chão, jazia o corpo de um jovem. Suas únicas recordações eram um nome – Lass , e seu ódio por ter sido controlado como uma marionete pela magia negra de Cazeaje. Apesar de estar de volta ao lado da luz, seus pesadelos e as visões das atrocidades que cometeu o impedem de ter a mesma alegria e apego à vida de suas companheiras.Tendo extrema velocidade para atacar saltar, Lass é um guerreiro exemplar com o seu estilo frio e calmo.

Ryan

Os druidas viviam nas florestas e conviviam pacificamente com os animais. Com o ataque dos monstros de Cazeaje e a destruição de muitos desses locais, esses antigos guerreiros hoje estão à beira da extinção. O jovem druida, Ryan sentiu o chamado da natureza, e após treinar com os espíritos de seus ancestrais, deseja enfrentar a Rainha da Escuridão e proteger a floresta com toda a sua força.

Ronan

Ronan de Erudon é descendente dos Erudon, lendária família de Canaban. Por este prestígio, exercia a função de guarda real, até que Cazeaje atacou. Ronan enfrentou a Rainha da Escuridão com bravura, mas foi derrotado e teve seu espírito dominado. Livre novamente, seu objetivo é destruir a ameaça de Amon Negro, para trazer de volta a honra ao seu nome.

Amy

A Terra Prateada, no continente de Xenia, era conhecida por sua tranqüilidade. Foi lá que nasceu Amy, uma garota muito alegre que foi criada cercada de mimos – o que a transformou em uma garota carinhosa, mas às vezes inconseqüente e à beira do egoísmo . Desde pequena a garota ficou conhecida por sua paixão sem limites pela dança e por seu talento. Até que os Deuses foram dominados pelo poder das trevas, e a Xenia que conhecia desapareceu. Vendo a destruição que tomou conta de sua terra amada, Amy decidiu entrar na batalha contra as forças do mal. Unindo os movimentos graciosos de uma dançarina e a garra de uma verdadeira lutadora, a jovem logo se destacou por suas habilidades com os seus Chakram. Seu estilo de combate era tão único e admirado que Amy tornou-se uma das guerreiras mais queridas da Ordem Prateada. Mas isso não foi o suficiente para garantir a vitória. Decidida a levar sua missão até ao fim e a vingar seus companheiros, Amy partiu sozinha em uma perigosa jornada. Até que, no caminho, encontrou a expedição especial Grand Chase, onde encontrou novamente Jin, por quem nutriu sempre uma paixão secreta.

Jin

A Terra Prateada de Xenia era abençoada. Seu povo, devoto e protegido pelo Deus da Luz, sempre viveram em harmonia com todos os habitantes do continente. Mas nem por isso eram descuidados com a proteção dessa paz. Por isso, existiam os Cavaleiros de Prata, a ordem protetora local. Quando os deuses foram dominados pelo poder das trevas e Xenia tomada pela escuridão, a ordem dos Cavaleiros lutaram bravamente ao lado das sacerdotisas, formando a Ordem Prateada. Diversos se destacaram pela bravura; entre eles, estavam a daçarina Amy e o bravo lutador Jin, um garoto de cabelos flamejantes e exímio nas artes marciais. Infelizmente, a Ordem sucumbiu, após o confronto final, Amy teve a vida salva por seu companheiro Jin. Apesar de feliz por resgatar a bela dançarina (por quem sempre nutriu uma paixão secreta), ele ainda tinha uma missão: certificar-se de que seu mestre estava salvo. A Terra Prateada ficou completamente davastada. Era impossível acreditar que Jin havia sobrevivido, mas ele conseguiu. Agora, Grand Chase ganha mais um reforço valioso. Jin não é flor que se cheire. Apesar de amistoso, falastrão e de gargalhadas contagiantes, o garoto é um guerreiro nato. Treinado desde sua infância, recebeu ensinamentos sobre os mais variados estilos de artes marciais, e se tornou um especialista em todos os tipos de combate corpo a corpo.

Sieghart

Há 600 anos, Sieghart era adorado e respeitado. Muitos o conheciam como um desastre natural, pois seu estilo de luta imprudente e selvagem podia devastar montanhas e arrasar civilizações inteiras. Mas este talento todo era usado pelo bem de seu povo, e lhe garantiu diversos nomes. “Aquele que derrotou sozinho 100 soldados invasores”, “O genio da espada”, “o conquistador do templo dos Oaks”. “O homem que se sacrificou pára aprisionar Cazeaje no passado”, etc. Por seus feitos, a realeza ofereceu a Sieghart montanhas de riquezas, títulos e postos militares. Nada foi aceito, contudo – “cuidar disso tudo dá muito trabalho”, dizia ele. Mas quando a Rainha da Escuridão surgiu, o Furacão Humano não hesitou e partiu numa perseguição até os confins de Vermecia. Um ano depois, os informantes reais revelaram a todos a morte do herói apos derrotar Cazeaje em uma luta titânica. A ameaça havia desaparecido, mas a nação perdeu seu maior herói – e todos choraram neste dia. Vendo seu grande esforço para salvar o mundo, os Deuses de Xenia concederam a Sieghart a imortalidade. Ele é detentor da espada Highlander, e é imortal, o unico humano contado entre os deuses.

Mari

Mari Ming Onnete ou somente MariGrand Chase. Tem uma aparência inteligente, usa óculos e tem olhos muito bonitos: o direito azul e o esquerdo vermelho. Assim como a Arme, ela adora estudar coisas novas e, graças a isso, conseguiu unir magia à mecânica e virar uma Tecnomaga. Mari une magia, mecânica e ataques corpo-a-corpo para batalhar e obteve um ótimo resultado: usa barreiras elétricas com a ajuda de mecânica, invoca robôs, bate com seu livro, usa a magia para ataques de curta-distância, invoca orbes, barreiras explosivas e muito mais. Tem origem do povo “Calnat” ao encontrar a Grand Chase em Templo da Destruição, se interessa pelos poderes da Lâmina de Sieghart e decide entrar na equipe para estudá-la.

Evolução do personagem

Apesar de ser um jogo de luta, um dos recursos de Grand Chase é a capacidade de evoluir os personagens. Como em um RPG, à medida que seus níveis aumentam, seu dano e sua energia também aumentam. Além disso, essa evolução coloca mais armas e armaduras à disposição para melhorar ainda mais o desempenho do personagem.

A experiência ganha varia conforme seu nível, e pode ser obtida em qualquer um dos modos de jogo. O nível máximo do jogo é 75. Nenhum jogador poderá ter personagens nível maior de 75, GMs (Game Masters) podem editar seus níveis, mas nem o nível deles pode ser maior que 75. O Presidente da KOG, Won Lee afirmou que o nivél máximo seria ajustado ainda em 2009, o que não ocorreu.

Árvore de Talentos

Árvore de Talentos é um Sistema que contém golpes, skills e habilidades novas para o personagem. Os novos Talentos são adquiridos de acordo com o Nível: quanto maior o nível, mais habilidades você poderá usar. Há também as “Skills de CASH”, que só podem ser abertas com uma “Chave de Talentos”, que custam 130 CASH. As “Skills de CASH”, obviamente são mais fortes e tiram muito mais danos do que as “Skills Comuns”. Porém existem algumas exceções, onde algumas skills comuns podem ser mais fortes, como a skill “Passo das Sombras”. Atualmente, apenas 8 personagens possuem Árvores de Talentos: Elesis (Espadachim), Lire (Arqueira), Arme (Maga), Lass (Ninja), Ryan (Druida), Ronan (Arcano), Amy (Dançarina) e Sieghart (Gladiador), sendo esse último ainda não disponivél no Servidor Brasileiro

Mascotes

Os mascotes podem ser comprados na loja do jogo, usando CASH ou Pontos de diário (P↑). Cada mascote possui um ataque diferente, que também pode ser adquirido na loja. É necessário mante-lo alimentado com cristaisgemas ou “alimentos especificos para o pet” , apesar dele nunca morrer, para que ele possa ganhar experiência. Alguns mascotes podem paralisar o adversário , como outras coisas . Tem alguns mascotes que são especializados para missões e não são bons em PvP (Player Vs Player) e vice-e-versa

Modos de Jogo

Em Grand Chase existem, 4 modos de jogo atualmente: Minigame, PVP , Missão e Coliseu onde você pode lutar contra outros personagens com os seus atributos igualados e ganhar itens. Além doModo Praticar, no qual o jogador pode praticar com todas a classes existentes no jogo até então.

PVP

Modo Player vs Player (Pt: Jogador contra Jogador) é um modo que no qual os jogadores podem se enfrentar, podendendo ser 1×1, 2×2, 3×3 ou Sobrevivência. No Modo PVP o jogador pode escolher jogar em BatalhaSobrevivênciaPVP CapitãoModos Especiais de PVP. Além de poder escolher também o lado que quer ficar, Canaban (Lado Roxo) ou Serdin (Lado Branco).

Batalha

No modo Batalha, o jogador e até mais cinco outros jogadores podem se dividir em time, podendo ser 1×1, 2×2, 3×3.

TAG

No modo TAG, o jogador pode escolher até dois personagens para enfrentar o oponente, podendo alternar de personagem no meio da partida apertando “C”.

Sobrevivência

O modo Sobrevivência pode ser jogado tanto em Batalha ou TAG. Na Sobrevivência todos os outros jogadores que estão na sala são seu inimigo, e o ganhador da partida será aquele que não perder todas as 3 vidas e/ou o que mais matar oponentes.

PVP Capitão

PVP Capitão, é um modo especial, que só aparece no Grand Chase em certos períodos, ficando no jogo por no máximo 2 semanas. Para jogar o PVP Capitão, serão necessários pelos menos 4 jogadores. Com exceção do Capitão, todos que forem nocauteados serão ressuscitados constantemente, até que o Capitão seja derrotado duas vezes. A vitória é conquistada assim que o Capitão de uma das equipes for derrotado duas vezes. O Capitão é decidido aleatoriamente pelo jogo. Com exceção do Capitão, todos os outros jogadores não sofrem alteração em seus atributos. O Capitão tem acréscimo de 50% em seus atributos. O Capitão é destacado com uma marca em sua cabeça. O HP do Capitão não se recupera. Quando o Capitão de uma equipe é derrotado pela primeira vez, os atributos dos oponentes caem 80%. É a chance de derrotar o Capitão adversário.

Destrua o Boneco Gigante

É um modo que não é permanente no jogo, ele vem em períodos determinados. Seu objetivo é destruir o boneco gigante do adversário, antes que ele(s) destrua(m) o seu. Esses bonecos mudam de aparência de acordo com a época em que ele é implantado. Por exemplo, quando é implantado na semana do Halloween, os bonecos passam a ser Abóboras Gigantes, ou quando está em Dezembro, passam a ser Bonecos de Neve Gigante etc. Quando ele é implantado em um período sem datas comemorativas, os bonecos têm aparência apenas de bonecos de brinquedo.

Minigame

Minigame, pode se acessado no Plaza através do NPC do Minigame. Nele há dois modos diferentes, Destrua as BombasDestrua os Balões.

Destrua as Bombas

No Destrua as Bombas, o jogador controla a Espadachin, Elesis. O Jogador terá que destruir o máximo de Bombas possivél. A dificuldade vai aumentando enquanto o jogador está destruindo as bombas. Existem também “Barris Bônus”, que o qual, se for destruído, destrói todas as outras bombas ou diminui a velocidade da explosão.

Destrua os Balões

O jogador, controla a Arqueira, Lire no Destrua os Baloões. Os jogador terá que destruir o máximo de balões possivél. A dificuldade vai aumentando enquanto o jogador está destruindo os balões. Há também “Balões Especiais”, que o qual, se for destruído, destrói todos os outros balões ou diminui a sua velocidade.

Outros Modos

Existem também os outros modos de jogo, disponivéis em alguns servidores de Grand Chase. Esses modos são: Arena (DeathMatch) e Expedição. Em Outubro de 2009, um jogador modificou os arquivos do Grand Chase e adicionou esses modos, com arquivos que foram retirados do Servidor Coreano. O motivo desses modos não terem sido lançados ainda no Servidor Brasileiro, é de que, quando eles foram lançados no outros servidores, houve uma grande instabilidade, e sendo a assim, a KOG’ Studios (Desenvolvedora do Jogo), achou melhor não trazêr-los para o Servidor Brasileiro. Esses modos existiam na Season 1, mas que por algum motivo foram retirados com a chegada da Season 2 (Assim como outros modos). Há também o Modo de Batalha entre Guildas (GvG), que ainda não está em operação. Além disso no Servidor Americano existe o modo Gacha, um mini game usado para substituir o sistema de conta.

Sistema de União

Sistema de União de Contas permite ao jogador, formar uma “Dupla” com outro jogador. Para fazer isso é necessário um dos jogadores ter em mãos um “Anel da União”, que pode ser adquirido tanto por GP como por CASH. A formação da Dupla, deve ser feita no Plaza. O “Anél de GP”, garante Bônus de +GP quando a Dupla jogar junto. Já o de “CASH”, além de garantir mais GP, aumenta também a quantidade de EXP (Experiência) adquirida. Há também roupas que podem ser adquiridas na Loja por “CASH”, e podem ser colocadas através do “Painel da Dupla”.

Os outros jogadores poderam ver o nome da sua Dupla (caso você tenha uma), e poderam também acessar o seu “Painel da Dupla”(Somente nas Salas de PVP). Para trocar o “Anel de GP” pelo de “CASH”, é necessário os jogadores estarem em uma Sala de PVP, sendo que um deles com o Anel de “CASH”.

Coleções

Há uma pequena aba na tela de equipamentos chamada Coleções, nela o jogador poderá conferir 3 guias de itens bem diferentes.

Emotes: Na guia de Emotes, o jogador pode conferir todos os emotes (emoticons) que possui. Também é possível combinar 3 emotes para receber um novo de forma aleatória. Assim, o jogador poderá usar seus emotes repetidos para tentar ganhar novos e completar a coleção. Eles podem ser atribuídos as teclas de 1 a 9 e 0. Se elas forem apertadas durante as lutas, exibirão o emote daquela tecla dentro de um balãozinho ao lado do personagem.

Títulos: Os títulos são itens especiais que quando ativados, dão ao jogador algumas habilidades extras, como recuperar energia mais rapido ou mais defesa, só podendo haver um título ativo por vez.

Cada um deles é representado pela imagem de um determinado vilão de uma missão e precisam de um certo número de vitórias no Modo Heróico dela para ativá-los. O número necessário de vitórias aumenta de acordo com o título, sendo nos primeiros títulos necessário um número menor de vitórias e nos últimos um número maior.

Se o jogador possui um título da lista, o título seguinte torná-se mais fácil, sendo necessário apenas a metade do número de vitórias que necessitava anteriormente. Um título cujo objetivo eram 100 vitórias, irá precisar de apenas 50 se o jogador já possuir o título anterior.

Mascotes: Na guia de mascostes, o jogador pode conferir, em forma de cartas, os mascotes que possui, organizados em uma lista que mostra a evolução deles, desde o ovo (se ele possuir o estágio de ovo) até o último estágio. Aqueles que possuem um mascote evoluido, poderão ver a evolução completa dele. Um jogador com um Goldie irá ver ele exibido ao lado da Gosma, que por sua vez estará do lado de um Ovo de Gosma.

Carta de Monstros: Nesse guia, contém todas as Cartas de Monstros. As cartas podem ser obtidas derrotando normalmente um monstro, com chance baixa, e elas equipam em diferentes equipamentos, como armas, luvas, elmo e capa. Entre as suas funções, estão: aumento de atributos, acréscimo na regeneração de HP/MP,etc.

Expansões

Season 2

Em 4 de Janeiro de 2008, foi lançada no Servidor Coreano, a 1ª Expansão do Grand Chase, intitulada “Grand Chase Season 2”. Posteriormente, foi lançada no outros Servidores de Grand Chase, tendo sido disponibilizada no Brasil em 19 de Junho de 2008.[7] O primeiro anúncio oficial da Level Up! sobre a nova temporada do jogo ocorreu em 9 de Maio de 2008, jutamente com um “Hotsite” que falava sobre as novidades da mesma.[8] Os Servidores de Grand Chase que foram lançados posteriormente ao lançamento do “Grand Chase Season 2” na Coréia, já vinham com a Expansão, como foi o caso do Servidor Filipino, Tailandês e Americano.

Season 3

Em Dezembro de 2009, começou a ser lançada no Servidor Coreano, a 2ª Expansão do Grand Chase, intitulada “Grand Chase Season 3”, tendo como ínicio, o lançamento da 10ª Personagem, Mari, e como fim, 2 missões novas, nos dois novos continentes e um novo Sistema de “Criação e Desconstrução de Itens”. O lançamento da Season 3 foi finalizado em Fevereiro de 2010. Ao contrário da 1ª Expansão, a Season 3 foi lançada por partes (Atos), no total de “3 Atos”. O mais novo servidor do jogo, o Indonésio, já foi lançado com a Expansão. No dia 26 de abril de 2010, foi noticiado no Site Oficial o lançamento da Season 3, que iria ocorrer em duas partes: a 1ª em 12 de Maio e a 2ª em 26 de Maio de 2010. O lançamento da primeira foi marcada pelas quase 22 horas de manutenção e pelos inúmeros Bugs no jogo, além de problemas na hora de atualizar o Grand Chase. Já o lançamento da segunda parte, ocorreu sem problemas.

AION

Aion,um jogo de tirar o fôlego e batalhas emocionantes disponível em quase todos os operacionais.

Aion: é um mmorpg criado pela NCSoft. Já foi lançado na Coreia do Sul e na china. O jogo esta nas lojas americanas desde 22 de setembro de 2009 e europeias no dia 25 do mesmo mês. No Brasil, se o jogador quiser ter acesso a versão Norte americana, terá que pagar uma taxa. Desde de 2 de dezembro de 2009, o jogo é destribuido pela,LeveL Up! games em parceria com a NCSoft.

Mas no Brasil existe a versão Aion Brasil (que é inclusive o que eu jogo).

GRÁFICO

Aion tem um gráfico muito bem elaborado,podendo ser comparado a gráficos de consoles como PS2,PS3 da SONY,e XBOX da MICROSOFT.

MMORPG(Massively ou Massive Multiplayer Online Role-Playing Game ou Multi massive online Role-Playing Game)

É o estilo de jogo do game aion aí estão umas características desse tipo de jogo.

Visão geral

Estado do Mundo

Em um RPG normal o jogador ou grupo de jogadores fazem o papel de herói(s) que devem salvar o mundo. A concepção do MMORPG porém, não permite que todos os jogadores salvem o mundo, o que acabaria com o jogo. O mundo dos MMORPGs é dinâmico para manter o interesse dos jogadores, mas um jogador sozinho não consegue afetar o mundo para todos os outros jogadores. Excepcionalmente, no jogo A Tale In The Desert, há um final caso certa condição seja alcançada pelos jogadores. Outra possível exceção seria NationStates, que permite a um grupo de jogadores controlar efetivamente o mundo por meio do controle de certos territórios (algumas pessoas já conseguiram fazê-lo), porém é questionável se Nationstates é um MMORPG verdadeiro.

Mantança de jogadores

A maioria dos jogadores diverte-se em combates entre seus personagens, o que pode tornar-se frustrante para iniciantes, os quais acabam sendo facilmente massacrados por jogadores mais fortes. Muitos MMORPGs contornam o dilema fazendo os combates entre jogadores serem opcionais ou consensuais. Alguns, como Cabal da ESTsoft, Metin2 da Ongame,World of Warcraft da Blizzard,Grand Chase , Tibia da CipSoft e RuneScape da Jagex e mesmo Silkroad Online da Joymax e também Last War da Gunsoft, dão aos jogadores a opção de jogar num servidor onde os combates são permitidos ou em servidores onde os combates são restringidos (no jogo RuneScape há servidores que 99% do mapa é PVP, e há alguns servidores onde só a Wilderness é PVP). Também existem MMORPGs que a matança de jogadores é uma escolha, por exemplo Ragnarok, na qual é cobrado um custo para a sala pvp. É importante salientar, que alguns MMORPG’s têm sistemas bem desenvolvidos para isto. Criados com intuito de proteger os mais fracos e aqueles que não querem participar de guerras ou pvp’s o sistema detecta o agressor, e se não houver nenhuma ação em relação a agressão o sistema impõe-lhe uma penalidade, geralmente chamada de pk. (Player Killer), como em Perfect World.

Classes de Aion(mmorpg)

Ao iniciar o jogo, os jogadores poderão escolher entre 4 classes: Warrior, Scout, Mage or Priest. Cada classe oferece suas próprias forças e habilidades, armas e skills para usar em combate, seja para causar dano aos inimigos ou curar e proteger seus aliados.
À medida que o jogador ganha experiência e se torna mestre em sua classe escolhida, ele terá a opção de avançar para uma classe de nível mais alto.

warrior

Graças ao seu imenso talento físico, Warriors são excelentes em combate corpo-a-corpo.
Warriors podem avançar para as classes de Gladiator ou Templar.

Gladiator
Gladiators possuem habilidades para usar uma variedade de armas, de espadas a lanças, seu objetivo final é se tornarem mestres em uma grande variedade de técnicas de luta adequadas às características de suas armas
> Habilidade especial: Combate próximo.
> Estilo de jogo: Gladiators preferem derrotar seus inimigos através do poder da força bruta e ataques davastadoramente precisos.

Templar
Lutando com uma espada em uma mão e um escudo em outra, o Templar é tanto um guardião quanto um combatente feroz. Para se manter efetivo, o Templar deve ficar dentro ou próximo da linha de frente do combate.
> Habilidade especial: Encantamentos de proteção
> Estilo de jogo: Um guerreiro que luta com sua cabeça tão bem quanto com seu coração. O Templar proporciona abrigo contra o fogo inimigo, absorvendo muito do dano na batalha.

SCOUT

O Scout tem o benefício de grande agilidade somada com ataques rápidos. Scouts proporcionam a maior variedade de estilos de jogo de todas as classes básicas.
Scouts podem avançar para as classes de Ranger ou Assassin.

Ranger
O Ranger vive pelo seu arco e é naturalmente um arqueiro talentoso. Contudo, o arco não é a única arma para os Rangers, eles também são mestres da espada e adaga e adeptos do uso de armadilhas.
> Habilidade especial: Diversidade de ataques
> Estilo de jogo: Rangers precisam se antecipar às situações de combate e adaptar suas decisões táticas para rapidamente mudar as circunstâncias.

Assassin
Assassins são experts em movimentos hábeis e morte silenciosa de seu alvo. Empregando uma simples mas mortal estratégia, existem inúmeras táticas com as quais pode executar um rápido e silencioso ataque em inimigos distraídos.
> Habilidade especial: Atacar sem serem detectados
> Estilo de jogo: a principal estratégia de combate dessa classe é se aproximar do inimigo de forma invisível, então causar alto dano com um poderoso ataque, buscando atingir as áreas vitais do inimigo.

MAGE

Mages, relativamente fracos no combate aproximado, têm a habilidade de fazer devastadores e poderosos ataques de magia. Devido à sua inerente capacidade de atacar à distância , é vital para um Mage aprender como despistar e evadir-se do inimigo.
Mages podem avançar para as classes de Sorcerer or Spiritmaster.

Sorcerer
O Sorcerer trilha o caminho da magia, dominando os elementos da água, fogo, terra e ar. Sorcerers invocam a força do seu espírito para criar raios de fogo ou congelar cada osso no corpo de seu inimigo.
> Habilidade especial: magias de dano de longa distância
> Estilo de jogo: Concentração durante o spellcasting é a chave, daí a razão dos Sorcerers juntarem-se a classes defensivas para se protegerem.

Spiritmaster
Bem como usar o poder dos elementos para colocar medo no coração de seus inimigos, o Spiritmaster pode controlar Water, Fire, Earth, and Air Spirits facilmente. O set de skills de um Spiritmaster se diversifica à medida que suas habilidades de combate vão evoluindo.

> Habilidade especial: Sumonar (invocar) poderosos espíritos elementais
>Estilo de jogo: Um verdadeiro comandante dos elementos saberá como entrar em combate, praticar a magia e escolher o momento perfeito em dada situação para sumonar espíritos.

PRIEST

O Priest é especialista em magias de cura. Combate aproximado é possível através do uso estratégico de auto-proteção e auto-cura, e Priests também possuem ataques mágicos de longa distância que podem ajudar imensamente em batalha.
Priests podem avançar para as classes de Cleric or Chanter.

Cleric
Seguindo o caminho da cura, o Cleric usa o poder da magia para fortalecer o corpo de seu aliado e curar seus ferimentos, ou mesmo ressuscitar um Daeva cuja alma está separada de seu corpo.

> Habilidade especial: Cura e proteção
> Estilo de jogo: O principal papel do Cleric é prover suporte para aliados através da cura ou fortalecimento (buffs), mas eles também podem ser formidáveis soldados em batalha usando uma maça (mace) e escudo.

Chanter
A especialidade do Chanter está na cura e na magia de fortalecimento (buffs), mas eles também podem usar um Staff (bastão) mágico de forma muito ofensiva. O Chanter usa mantras para fortalecer aliados e levantar sua moral.

> Habilidade especial: Magia de fortalecimento usando cura e mantras
> Estilo de jogo: Enquanto buffar aliados é sua maior força, em uma emergência um Chanter pode transformar-se em um poderoso soldado e pode lutar em combate aproximado usando seu bastão mágico.

*OBS:OBRIGADO  AO PESSOAL DO NEWDICAS POR TEREM DeIXADO EU PEGAR E ADAPTAR SEU POST OBRIGADO.